Após rescindir com a DryWorld, Flu negocia com empresa americana

No ano passado, após se desvincular da Adidas, o Fluminense resolveu apostar na DryWorld, empresa canadense, para assumir a função de fornecedora de material esportivo. O clube e a patrocinadora assinaram por cinco anos, em contrato que previa ao Tricolor R$ 13,5 milhões por ano.

No entanto, o tempo de parceria entre as partes mal durou uma temporada. Em virtude da demora na entrega dos uniformes e no pagamento, que estava bastante atrasado, o clube carioca resolveu rescindir contrato com a empresa canadense, que, aliás, está sendo processada pelo Flu, em ação que já ultrapassa R$ 50 milhões.

De acordo com a ESPN, a Under Armour, dos Estados Unidos, é a favorita de Pedro Abad para ocupar o lugar da DryWorld. Entretanto, uma cláusula de contrato com o São Paulo, único time patrocinador pela empresa no país, a Under estaria liberada para assinar apenas a partir de abril com o Fluminense. Isto impede um desenvolvimento da negociação e dificulta uma acordo.

Após rescindir com o Fluminense, a DryWorld já não patrocina nenhum outro clube no Brasil. Atlético-MG e Goiás, que também apostaram na marca, romperam deus contratos recentemente.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Nicholas Rodrigues

Jovem estudante, colunista do FluNews, tricolor fanático e amante do jornalismo, profissão que quer seguir. (Twitter: _NickNeves / Instagram: _nickneves)