Fluminense reabre negociação com eventual patrocinadora

Embora tenha sido encerrada há um mês, as negociações entre Fluminense e a Caixa foram retomadas nos últimos dias. Segundo o repórter Edgard Maciel de Sá, do Globoesporte.com, as partes voltaram a tratar da possibilidade de um eventual patrocínio do banco ao clube. Em um primeiro momento, as tratativas tomaram um rumo que animou a direção do Tricolor. No entanto, as últimas conversas não prosseguiram da forma esperada.

Conforme informamos na noite desta segunda-feira, o presidente Pedro Abad, em entrevista à Revista Época, desmentiu boato divulgado pela imprensa e garantiu não ter descartado um possível contrato com a empresa. Em contrapartida, de acordo com a apuração do Globoesporte.com, pessoas próximas do mandatário dão como pequena a chance de um acordo.

richarlison gol comemoração (Foto: MAILSON SANTANA / FLUMINENSE FC)
Fluminense vestiu camisa com logo da Caixa em seis partidas, em 2016. (Foto: Mailson Santana)

– Naquele momento, a proposta que apareceu envolvia outras questões que o Fluminense não concordava. As conversas ainda não foram finalizadas, e não é impossível que esse patrocínio aconteça. Temos um acordo de confidencialidade com a Caixa, para não expor detalhes dessa negociação. Fica difícil dizer o que não agradou. Quebraria o acordo com um possível patrocinador – disse Abad ao blog da Época.

No início de fevereiro, a Caixa ofereceu ao Flu o valor de R$ 11 milhões. A quantia não agradou aos dirigentes. O banco exigiu exclusividade em qualquer negócio bancário e uma série de compensações que, somadas, iriam consumir até 20% do valor do contrato. O receio de inviabilizar a administração do clube ao não cumprir as cláusulas propostas pela direção da empresa foi um dos motivos que impediu o acerto.

Saudações Tricolores,

Nicholas Rodrigues.

Nicholas Rodrigues

Jovem estudante, colunista do FluNews, tricolor fanático e amante do jornalismo, profissão que quer seguir. (Twitter: _NickNeves / Instagram: _nickneves)