Laranjeiras à beira de um colapso financeiro !!!

O faturamento do Fluminense  subiu em 2016. Um aumento considerável por sinal . Um salto  de R$ 180 milhões para R$ 293 milhões.
O que gerou tamanho aumento de valores  ? ??
A antecipação  dos direitos de transmissão das temporadas de 2019 a 2024 com a TV Globo. Isso nos  rendeu luvas, que nada mais são que  um bônus por termos assinado o novo  contrato. R$ 80 milhões de uma só tacada . Também obtivemos aumento nos valores das cotas  da TV  em relação ao ano anterior.

O Torcedor então deve estar pensando …..isso é uma boa notícia  !!! Podemos dizer que sim,mas está longe de ser um momento favorável para as finanças do Clube . Nosso  departamento comercial e de marketing não obtiveram grandes valores em 2016 , nossa bilheteria despencou  por não termos o Maracanã e por  obviamente  não sermos um time competitivo no ano que passou ,que gerou também a diminuição  do quadro de torcedores do  programa Sócio Futebol .

 

As  dívidas crescentes  no Fluminense são o fator de maior preocupação pois  o Clube  deve muito na praça.Um disparo no endividamento  que  chegou aos  R$ 434 milhões.
Abad recebeu de herança em  seu mandato  as obrigações imediatas deixadas pela gestão anterior. São  37% de  dívidas de curto prazo, com vencimentos de até um ano, no valor de  R$ 163 milhões. O preocupante é que as Luvas que citei no início da matéria,não fazem mais parte do caixa de 2017 pois foram usadas na gestão passada  e não teremos novas receitas de Bônus da TV até 2024. O Fluminense não apresenta condições para arcar com estas dívidas iniciais pois não existe esse dinheiro em caixa .
A solução !!!

Gestão após Gestão só consegue diminuir a corda no pescoço  ao vender  jogadores  e  fazendo novos empréstimos.Isso é o comum !!! O praticamente inevitável.  Mas precisa ser feito com responsabilidade   para que essa dívida não se torne inviável . O clube deu um salto de  R$ 39 milhões devidos em 2015 para R$ 81,5 milhões em 2016. Todo  crédito vem acompanhado de juros e  juros são despesas . A receita passa a ser menor para o  investimento na equipe. Além disso,todas as dívidas do clube aumentaram : tanto a fiscal , quanto a trabalhista (que  vinha sendo afirmado pela última gestão  que diminuíra consideravelmente).

O quadro abaixo foi retirado de uma matéria da revista Época  e exemplifica em números a situação atual do nosso Tricolor !

Se faz urgente a venda de uma de nossas promessas a fim de salvar o caixa Tricolor . Também urge a necessidade de captação de valores no Marketing,no programa Sócio Futebol e principalmente a necessidade de um patrocinador Master para equilibrar a situação . Este último ponto, sendo o mais importante, pois somos a única equipe das séries A e B do campeonato Brasileiro que não possui patrocinador Master .

Saudações Sempre Tricolores

Alvaro Souza Che

Fonte : Balanço Financeiro do Fluminense  e Rodrigo Capelo /Revista Época