Gum festeja sétima taça e promete luta por título do Carioca: ‘Matar um leão por jogo’

Gum desembarcou no Rio de Janeiro para vestir a camisa do Fluminense em 2009. Participou da fuga do rebaixamento e, inclusive, é o único remanescente daquele time que contrariou os matemáticos. Nove anos se passaram, e o zagueiro enxerga no elenco da vez, campeão invicto da Taça Rio, o mesmo espírito.

– Um time de guerreiros se faz com humildade. Sabemos que sempre precisamos melhorar. Por isso, por exemplo, fomos eliminados na Copa do Brasil. Faltou algo. Nós conversamos, acertamos e agora demos a metade da volta por cima com o título do segundo turno. Para completar, precisamos passar pelas semifinais e pelas finais, conquistando o título estadual – disse.

Comemorar conquistas pelo Fluminense, sua casa há quase uma década, se tornou normal para Gum. São sete taças. No entanto, nenhuma delas como capitão – a braçadeira, nos títulos recentes, se dividiu entre Fred, Cícero e Henrique. No domingo, o guerreiro viveu a emoção de erguer o troféu em pleno Maracanã e celebrou o triunfo, que, diz ele, representa a superação do clube em 2018.

– Ser capitão e levantar a taça é só um detalhe. É muito tempo aqui e nunca tinha acontecido, mas sinceramente não me apego. É mais uma conquista. Sou capitão porque hoje tenho a experiência e preciso exercê-la no grupo, é uma forma de ajudar. Mas claro que fico feliz. É um momento especial, por toda a dificuldade que esse grupo passou. E também pelo que eu passei aqui. É muito bom ver que nós tricolores saímos felizes do Maracanã mais uma vez. Eu levantar essa taça é um símbolo de muito desafio e superação. Temos agora que continuar o caminho para conquistar o Carioca – frisou.

Uma característica do time de Abel Braga é o comportamento nos clássicos. Foi nítida a superioridade tricolor nos últimos embates. O próximo desafio, que promete comprovar o brilho da equipe nos duelos mais decisivos, será quinta-feira, diante do Vasco, valendo vaga para a finalíssima do Carioca. E o camisa 3 promete muita entrega.

– Não foi fácil, foi muito difícil. Ganhar o segundo turno é importante porque mostra que a gente cresce nos momentos decisivos. Fizemos nossos melhores jogos na semifinal e na final da Taça Rio. Vamos matar um leão por jogo agora para conquistar o Carioca.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.