Fluminense condena post, e MBL provoca: ‘Tapetão não pode reclamar de corrupção’

Na noite desta segunda-feira, o Movimento Brasil Livre utilizou imagem da torcida tricolor para convocar seus simpatizantes ao protesto desta terça-feira, pelo país inteiro, em favor da prisão do ex-presidente Lula. Inconformados, torcedores reclamaram do post e cobraram do Fluminense uma providência. O clube, por enquanto, se posicionou somente nas redes sociais.

O UOL procurou Renan Santos, que atende por coordenador do MBL, e obteve resposta provocativa.

– Fala para o Fluminense que o MBL mandou o Fluminense ir plantar batata. O clube do tapetão não pode reclamar de corrupção – ironizou.

O perfil oficial do Movimento Brasil Livre no Twitter também se manifestou e, nos comentários da postagem de repúdio ao uso da foto, adotou tom afrontoso.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.