fbpx

Clima esquenta no Tricolor com grupos políticos deixando a gestão Abad

Após saída da MR21, grupo Unido e Forte também deve deixar a gestão.

O clima na política Tricolor esquenta a cada dia que passa. Depois de abriraos do dinheiro referente à venda de Diego Souza e dispensa de jogadores ser considerada equivocada, um racha entre os grupos da atual gestão parece eminente.

A  Mr21 foi o primeiro a deixar a gestão, e o grupo Unido e Forte deve ser o próximo, uma vez que seus componentes entraram em rota de colisão com Abad e, a relação com o presidente é a pior possível. Cacá Cardoso (Vice presidente), Diogo Bueno (Financeiro), Sandor Hagen (Marketing) e Pacha (Jurídico) estariam estremamente insatisfeitos com o presidente Pedro Abad, onde se sentem boicotados pelo mandatário Tricolor. Outra insatisfação, é que no entendimento dos dirigentes, Abad não vêm cumprido com alguns acordos e o grupo acaba sendo responsabilizado pelos erros cometidos por Abad e Marcelo Teixeira.

Caso aconteça realmente o racha entre os grupos, pode deixar exposta muitas situações internas do clube.

Os prossiga dias prometem esquentar ainda mais o clima no Laranjal.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Top