Fluminense treina nas Laranjeiras depois de dois anos e agrada torcedor: ‘Nostálgico’

Em razão de tiroteios na Cidade de Deus, comunidade perto do CT do Fluminense, o treino de quinta-feira foi transferido para Laranjeiras. Um dia atípico para o elenco, que se acostumou à nova matriz de treinamentos, onde trabalha há dois anos, mas especial para cerca de 40 torcedores.

Wildson Gonçalves, que estava na sede para levar o filho, Pedro, à escolinha de futsal do clube, pôde relembrar os tempos em que assistia aos treinos no local e classificou a experiência como ‘nostálgica’.

– Eu acompanhava os treinos do Assis, Washington. Aqui era nossa casa, nosso caldeirão. É nostálgico. O Fluminense tinha que estar sempre aqui – disse.

Ao Globoesporte.com, Renato Chaves mostrou que, assim como a torcida, também aprovou o retorno, mesmo que breve, a Laranjeiras. Para o zagueiro, a oportunidade permitiu que os novos jogadores conhecessem a raiz do Fluminense.

– Gostei de treinar lá, apesar de não ter a estrutura que tem no CT da Barra. De vez em quando é bom, porque ali é onde tudo começou. É bom para a galera que está chegando agora, ver onde começou o Fluminense de verdade. O campo está legal, melhorou bastante. E é bom para o torcedor, que fica mais perto da gente – declarou.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!