Em treino, Fluminense trabalha bola aérea e cobrança de pênalti

De olho no Nacional, adversário na primeira fase da Sul-Americana, o Fluminense treinou na tarde desta terça-feira, no CT do Blooming, em Santa Cruz de La Sierra. Foi o único trabalho na Bolívia.

Durante o treino, os principais pontos praticados foram cruzamentos, por conta do aumento da velocidade da bola, e cobrança de pênaltis, pela possibilidade de haver penalidades, em caso de triunfo do Nacional por 3 a 0.

Abel Braga testou o sistema defensivo nas bolas levantadas na área. Robinho lançava para Pedro e João Carlos, marcados por Gilberto, Frazan, Gum, Renato Chaves e Ayrton Lucas. Júlio César defendia a meta.

Houve, ainda, troca de passes e rachão em campo reduzido, com onze de cada lado e Marcos Felipe, terceiro goleiro, completando o segundo time.

Reserva de Gilberto, Léo sofreu pancada, acusou dores e pediu atendimento. Recuperou-se do problema e seguiu treinando.

Apesar de esconder a escalação para o duelo, Abel Braga deve levar a campo a equipe titular em 2018, à exceção de Ibañez, ainda tratando de lesão na coxa.

O Fluminense dorme em Santa Cruz de La Sierra e, em voo fretado, embarca para Potosí, a 4.067 metros, na manhã desta quinta-feira. A partida acontece às 21h45.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!