Comandante do Nacional, Edgardo Malvestiti vê favorecimento ao Fluminense

A queda do Nacional de Potosí na Sul-Americana é, para Edgardo Malvestiti, injusta. Ao analisar a partida, vencida, por 2 a 0, pelo time boliviano, o comandante se disse satisfeito com o desempenho de seus jogadores e foi polêmico. Alfinetou a arbitragem uruguaia e reclamou de suposto favorecimento ao Fluminense.

– Faltou completar as muitas situações de gols. Fizemos uma grande partida. Saímos com um sabor amargo pelo resultado, mas não pelo desempenho. Estou muito orgulhoso. Lamentavelmente, sempre se beneficiam a um rival que tem um poder econômico superlativo, uma estrutura superlativa – afirmou, logo após a eliminação.

Os juízes, aliás, deixaram o campo escoltados pela polícia. A torcida mandante, irritada com a demora do Tricolor na reposição de bola, atirou pedaços de comida e lixo no trio que apitou o duelo na noite de quinta-feira.

Mesmo perdendo, principalmente pela dificuldade encontrada nas alturas, o clube de Laranjeiras se classificou para a segunda fase da Sula.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Nicholas Rodrigues

Tricolor, 16 anos. Redator do Canal FluNews desde 2015. Apresenta-se nas redes sociais como @nickrodriguesrj