Bicampeão brasileiro, Marcelo Oliveira assume time do Fluminense

Com as negociações com Zé Ricardo, a caminho do futebol árabe, e Dorival Júnior, resolvendo problemas pessoais, sendo encerradas durante a semana, o Fluminense passou a considerar, por exemplo, Cuca e Oswaldo de Oliveira, além de receber indicações para sondar Guto Ferreira e Argel Fucks. Quem assume o time a partir do segundo semestre, entretanto, é Marcelo Oliveira, desempregado desde quando foi demitido do Coritiba, ainda em 2017.

Pedro Abad, Fabiano Camargo e Paulo Angioni trabalhavam desde domingo para encontrar o substituto de Abel Braga. O acerto com Oliveira, bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro (2013 e 2014), foi anunciado nesta sexta-feira, pouco depois da vitória do Brasil, por 2 a 0, na Copa do Mundo, sobre a Costa Rica. O contrato assinado vale somente até o fim da temporada.

À frente de protagonistas em torneios importantes do Brasil, Marcelo Oliveira, aos 63 anos, está indo para o nono clube da carreira. Vitorioso, conquistou, além de dois Campeonatos Brasileiros, a Copa do Brasil de 2015, pelo Palmeiras. Foi, inclusive, finalista do mata-mata nos anos de 2011, 2012, 2014 e 2016.

Em comunicado oficial, o Fluminense informa que a diretoria se baseou no currículo e na facilidade do treinador em comandar jovens, maioria no atual elenco tricolor. Os jogadores conhecerão Marcelo na terça-feira que vem, dia 26, quando se reapresentam para iniciar a preparação para o restante do ano. Esta data marcará, também, a apresentação dele e de Angioni, sucessor de Paulo Autuori no cargo de diretor-executivo de futebol, à imprensa.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!