Legado da Copa? VAR é confirmado em reta final da Sul-Americana

A estreia do árbitro de vídeo em Copas do Mundo aconteceu em 2018, na Rússia, e deixou uma boa impressão. Foi confirmado, na quinta-feira passada, que o recurso poderá ser usado a partir das quartas-de-final da Sul-Americana, disputada pelo Fluminense, e da Libertadores. É, portanto, o legado deste Mundial, que caminha para sua fase de semifinais.

– Decidiu-se que, a partir das quartas-de-final, poderá ser usado o VAR em nossas competições. Quando implementamos, vimos que nossos árbitros tiveram uma ajuda nesse sentido (durante a Copa do Mundo), já que conhecem o trabalho com o VAR, porque treinaram com o VAR, o que os ajudou bastante durante este Mundial – avaliou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

É a segunda vez que o recurso estará presente em torneios sul-americanos. Ano passado, o VAR foi implementado nas semifinais e finais da Libertadores, decisão da Sul-Americana e da Recopa. As regras são as mesmas seguidas na Copa: o árbitro de vídeo só será acionado em dúvidas sobre gols, pênaltis, cartões vermelhos e para quem deve ser aplicado a advertência.

O primeiro jogo da segunda etapa da Sula é dia 02 de agosto, às 21h45, no Maracanã. O adversário do clube de Laranjeiras é o Defensor, do Uruguai.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!