Otimista, Gum quer dar resposta ao torcedor: ‘Demonstrar que podem confiar’

Os tropeços na reta final do primeiro semestre deixaram os torcedores menos esperançosos na briga por algo maior no Campeonato Brasileiro. Na tentativa de reverter este quadro, Gum quer mostrar os resultados do trabalho durante a pausa para a Copa do Mundo e recuperar a confiança da torcida. A missão se inicia às 20h desta quinta-feira, em São Januário, frente ao Vasco.

– Quem tem que passar confiança ao torcedor somos nós. Não adianta confiar se a gente não corresponder em campo. Caímos de produção nos últimos jogos, tivemos mais erros que acertos. Precisamos demonstrar ao torcedor que eles podem confiar, essa é a resposta que precisamos dar ao nosso torcedor – explicou, em entrevista no Centro de Treinamento.

O zagueiro, otimista, contou as expectativas do elenco para a retomada da temporada e destaca o que seria o ponto fundamental: foco.

– Estamos otimistas com o retorno do campeonato. O trabalho tem sido muito bom com o Marcelo Oliveira. Naturalmente, estamos trabalhando com uma nova forma de jogar, buscando nos entrosar para fazer uma boa atuação diante do Vasco. Estamos focados para superar as dificuldades naturais de um clássico, queremos muito vencer – disse.

A chegada de Marcelo Oliveira, que ocupa o cargo deixado por Abel Braga, provocou mudanças no time. A começar pelo esquema, que passou do 3-5-2 para o 4-4-2. Acostumado a jogar na formação proposta pelo ex-técnico, Gum explica que esta novidade requer alguns cuidados.

– A mudança de esquema não é só nos zagueiros, é no time todo. Quando você ataca, tem que prestar atenção por ter um zagueiro a menos. Precisamos ter a sabedoria de atacar, mas se defender bem. O sistema defensivo inteiro precisa estar bem posicionado. A Copa do Mundo nos mostrou isso.

Confira mais respostas:

Calendário

– O calendário está aí, temos que cumprir. A sequência de jogos vai nos dizer como estamos indo, mas estamos nos preparando. Vamos tentar fazer de tudo para que o Fluminense retorne da melhor maneira possível, voltando a vencer para subir na tabela.

Reforços e saídas 

– Futebol tem mudanças o tempo todo. É natural. Não é só o Fluminense que teve perdas e chegadas de jogadores. Vamos receber bem quem chegou, quem está aqui, para nos entrosarmos o mais rápido possível e, dentro de campo, botar em prática os resultados.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!