Sem espaço, Renato Chaves troca o Fluminense por time de Fábio Carille

Contratado em janeiro de 2016, Renato Chaves foi liberado pelo Fluminense para acertar com o Al Wheda, comandado por Fábio Carille, ex-Corinthians. Foi ele, inclusive, que pediu o zagueiro, sem espaço no time de Laranjeiras desde a chegada de Marcelo Oliveira. A viagem para a Arábia Saudita aconteceu neste domingo e foi registrada pelo jogador em rede social.

Renato Chaves em avião, na noite deste domingo. (Foto: Reprodução)

Recuperando-se de contusão na panturrilha esquerda, Chaves teria sido vendido ao futebol árabe – valores ainda estão sendo apurados. Ele perdeu a vaga para Digão, cria de Xerém, e está sem atuar desde 7 de junho, quando da derrota para o Flamengo, por 2 a 0. Agora, Marcelo Oliveira tem, além do ex-Cruzeiro, Gum, Ibañez e Frazan. Este desfalque, somado aos de Nathan Ribeiro e Luan Peres, leva a diretoria a buscar opções no mercado para a zaga.

Durante a era Abel Braga, Renato Chaves era titular absoluto e, ocasionalmente, até capitão. Acumula 73 jogos, sete gols e três conquistas – Primeira Liga (2016), Taça Guanabara (2017) e Taça Rio (2018) – com a camisa verde, branca e grená. Seu contrato com o clube se encerraria no fim da temporada.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.