fbpx

Sornoza volta à seleção e desfalca o Flu no Brasileirão

Meia disputará amistosos contra Jamaica e Guatemala.

O meia Júnior Sornoza foi convocado para a seleção do Equador para amistosos nos dias 7 e 11 de setembro contra Jamaica e Guatemala, em partidas a serem disputadas nos EUA.

Por conta da convocação, o camisa 10 desfalcará o Fluzão em duas rodadas no Campeonato Brasileiro, os jogos contra o Vitória, no dia 6/09 e Botafogo, dia 9/09, ambos realizados no Rio de Janeiro.

Vale destacar que o jogador retorna a seleção quatro anos após sua última convocação. Outro nome conhecido dos tricolores presente na lista é do volante Orejuela, que ainda pertence ao Flu.

 

ST,

Douglas Wandekochen

 

Proposta do Fernebahçe não se concretiza e Sornoza deve seguir no Flu

Representantes do clube turco estiveram observando o equatoriano.

O meia Júnior Sornoza deve mesmo seguir no Fluminense. O Fernebahçe que chegou a enviar representantes para observar de perto o futebol do equatoriano não fez uma proposta oficial pelo jogador e, o meia deve mesmo permanecer nas Laranjeiras.

O clube turco que partiu em busca de um meia para ocupar a posição deixada por Giuliano, negociado com o Al Nassr da Arábia Saudita, ficou apenas na base da sondagem  ao meia tricolor e, com o fim da janela de transferências no país chegando ao fim (se encerra nesta sexta-feira, 31) o jogador saiu do radar dos turcos, que devem se contentar apenas com Jailson, contratado recentemente junto ao Grêmio.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Maílson Santana

fonte: Lance!

Site revela valor que o Monterrey ofereceu ao Flu por Pedro

Essa foi a segunda oferta dos mexicanos pelo atacante.

O Fluminense recusou na última quarta-feira (29) uma nova investida do Monterrey por Pedro, e, de acordo com o portal UOL Sports, o valor era de €20 milhões (R$ 96,7 milhões).

Tal valor vinha sendo divulgado como o mínimo estabelecido pela diretoria Tricolor para liberar o atacante, que tem uma multa de €50 milhões, onde o Fluminense tem direito a 50% do valor.

Contudo, de acordo com apuração do Canal Flunews, a direção do Flu trabalha com a intenção de segurar Pedro ao menos até o final do ano e, segundo pessoas próximas ao presidente Pedro Abad, o mandatário Tricolor nunca trabalhou com valor mínimo para liberar o atacante.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Ameaçado de perder goleiros, Fluminense aposta na base e trabalha em planejamento para 2019

Como a temporada termina daqui a cerca de três meses, o clima nas Laranjeiras é de início de planejamento para 2019. Mais uma vez, o processo se dá cercado por indefinições. A maior é entre os goleiros: três deles (Júlio César, Rodolfo e De Amores) terão seus contratos expirados em dezembro. Nenhum, por ora, foi procurado para renovar.

A solução, talvez, seja apostar na base, ainda que para um futuro próximo. É o que o Fluminense entende, uma vez que tem intensificado o trabalho de transição da base para o profissional. Pedro Paulo é titular com Léo Percovich, tem 20 anos e renovou até o fim de janeiro. Aumentou a frequência nos treinos do elenco principal para ganhar experiência.

Quando ele se ausenta, Marcelo, de apenas 15 anos, é chamado. O jovem é tratado com carinho e visto como promissor nas Laranjeiras. Ambos têm recebido mais chances devido à lesão de De Amores, sem prazo para retomar as atividades.

Reserva, Rodolfo pertence ao Oeste-SP e, dada a relação amistosa entre os clubes, pode prorrogar o empréstimo, que também tem opção de compra, com valores já fixados.

De Amores, por sua vez, depende de, pelo menos, R$ 776 mil para permanecer no Fluminense. É o que cobra o Boston River para estender a cessão por mais um ano. O passe custa R$ 5,8 milhões. 

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Monterrey insiste e tenta segunda investida por Pedro

Mesmo lesionado e desconvocado da Seleção, que disputa dois amistosos daqui a duas semanas, Pedro continua na mira de times estrangeiros. Depois da sondagem do Borussia Dortmund, que até enviou representantes ao Brasil para acompanhar o jovem, o Fluminense ouviu proposta do Bordeaux (R$ 39,6 milhões) e do Monterrey (R$ 67 milhões). Ambas, porém, foram recusadas.

Decidido a levar o centroavante para o México, o Monterrey tentou uma segunda investida, pouco superior à primeira, na manhã desta quarta-feira. O presidente do clube, Duílio Davino, foi às Laranjeiras para apresentar a oferta, mas saiu com uma negativa de Pedro Abad.

A janela nos principais centros de futebol do mundo fecha no dia 31 de agosto, sexta-feira, e, graças à contusão no joelho direito, as chances de saída de Pedro, segundo o Globoesporte.com, diminuíram. Mas ainda existem. As transferências internacionais no México, por exemplo, podem acontecer até 5 de setembro.

Nos bastidores, a diretoria definiu o valor mínimo para negociar o destaque do time na temporada. A multa rescisória é de 50 milhões de euros, e os tricolores têm 50% do passe de Pedro.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: UOL.

FERJ garante VAR em decisões do Campeonato Carioca em 2019

Uma reunião na FERJ, nesta terça-feira, decidiu pelo uso do VAR no Campeonato Carioca em 2019. A federação se dispôs a assumir os gastos e, entre quatro opções, escolheu a empresa Hawk-Eye Innovations, a mesma contratada para a Copa do Mundo na Rússia, para comandar a estreia do recurso no Estadual.

– Está confirmado, vai ter VAR. Agora vamos marcar uma reunião com a presença do diretor financeiro apenas para acertar a forma de pagamento com a Hawk-Eye. Acertando isso, assinatura do contrato com parecer do departamento jurídico da FERJ – detalhou Jorge Rabello, presidente da Comissão de Arbitragem de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Coaf-RJ).

No ano que vem, a possibilidade de acionar a revisão de lances só existirá em dez jogos: as semifinais e finais de turno, e os quatro jogos da decisão do campeonato. Considerando o valor de R$ 175 mil, cobrado para o treinamento de 25 profissionais, mais os R$ 25 mil por partida, o total do contrato é de R$ 425 mil.

Com o sucesso no Mundial, o VAR foi ganhando espaço no país. Está, desde agosto, disponível na Copa do Brasil. Também estará presente na Libertadores e na Sul-Americana, disputada pelo Fluminense, a partir da fase de quartas-de-final. Mas a nível regional não é novidade: foi utilizado nas finais do Campeonato Pernambucano e Catarinense e num Gre-Nal, pelo Gaúcho.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Fluminense e empresário discutem renovação de contrato de Gum

Na terça-feira, Gum deu o primeiro passo para renovar contrato com o Fluminense e completar, pelo menos, uma década nas Laranjeiras. O compromisso em vigor é válido até dezembro deste ano. Seu empresário, Jorge Moraes, foi ao Centro de Treinamento, na Barra, para as primeiras conversas com Paulo Angioni, diretor de futebol, sobre o assunto.

– Foi uma conversa agradável e vamos ver o prosseguimento dela, se chegamos a um consenso. Ainda está muito prematuro, mas foi um início das tratativas pela renovação – confirmou Angioni.

Aos 32 anos, Gum está perto de fazer seu jogo de número 400 pelo clube. No momento, ele é, ao lado de Marcão, com 397 partidas, o décimo profissional que mais representou as cores verde, branco e grená. Suspenso do duelo com o São Paulo, domingo, o zagueiro deve superar o ex-volante e subir no ranking em 16 de setembro, quando o time enfrenta o Atlético-PR, na Arena da Baixada. Nos bastidores, discute-se uma homenagem pela marca histórica.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Endividado com Cícero, Fluminense sofre penhora em processo contra o Sport

O milhão ganho no processo contra o Sport, por Diego Souza, foi desbloqueado no começo de agosto e, agora, teve mais uma parcela penhorada. Desta vez, a razão é a dívida de R$ 7,1 milhões com Cícero, do Grêmio. O prejuízo aumentará à medida que a Justiça determinar o valor que cairá nos cofres tricolores. Enquanto o Leão da Ilha alega

A cobrança de Cícero contra seu ex-clube, impetrada há pouco mais de um ano, é de R$ 7,6 milhões, em razão do descumprimento do pagamento de parcelas de sua rescisão.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Flu vence jogo treino no CTPA

Apenas quem não iniciou o jogo contra o Cruzeiro participou da atividade.

O Fluminense realizou na tarde da última terça-feira (28) um jogo treino contra o Atlético Carioca, clube que disputa a série D do Rio de Janeiro.

Na preparação que contou apenas com os jogadores que não iniciaram a partida contra o Cruzeiro no último sábado (25), terminou com a vitória do Tricolor por 7 a 1. Os gols forma assinalados por Pablo Dyego (2x), Evanilson (2x), Léo, Marcos Jr e Júnior Dutra. Lucão descontou para o Atlético.

A atividade deu início a preparação do Fluminense para enfrentar o São Paulo no próximo domingo (1) no Morumbi, às 16horas pela 22° rodada do Campeonato Brasileiro.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Foto: Lucas Merçon

Médico do Flu não descarta intervenção cirurgica em Pedro

Intervenção será feita de acordo com a evolução do quadro.

O médico do Fluminense, Douglas Santos concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (28) onde esclareceu alguns pontos em relação a contusão de Pedro, que sofreu uma luxação no joelho direito.

O médico Tricolor confirmou que o tratamento será feito neste primeiro momento de forma conservadora, sem a necessidade de intervenção cirúrgica. Contudo, o médico não descartou uma possível operação no joelho do atacante:

–  A gente espera que ele não precise de cirurgia, mas sim, ainda existe essa pequena possibilidade. Vamos refazer os exames quando não tiver mais o edema, para constatar – afirmou Douglas, que voltou a informar o prazo de três semanas para a recuperação:

– Vamos esperar que em três semanas ele volte aos treinos, mas ainda precisamos esperar 15 dias para a regressão do edema, quando poderemos fazer um novo exame para constatar se o tratamento vai continuar sendo conservador ou não – encerrou Douglas.

Vale destacar que por conta da lesão, Pedro ficará de fora ao menos em quatro partidas do Fluminense: São Paulo, Botafogo, Vitória e Atlético Paranaense, além de ter sido cortado da seleção brasileira, que teve Richarlison convocado em seu lugar.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Top