Marcelo Oliveira assume saída iminente de Pedro: ‘Espero que fique até o final do ano’

A permanência de Pedro nas Laranjeiras, onde foi formado, está ameaçada pela janela de transferências, que só fecha no dia 31 de agosto. Embora tenha recusado a primeira oferta pela joia de Xerém, enviada pelo Bordeaux, da França, o Fluminense entende que as chances de venda aumentam em caso de convocação para os amistosos de setembro da Seleção. 

O que a torcida imaginava é consenso nos bastidores do clube: a saída do camisa 9 é uma realidade, inclusive para Marcelo Oliveira. Antes de avaliar Kayke, negociando para ser o centroavante reserva do time, o técnico falou o que espera do futuro de Pedro no Fluminense.

– É algo inevitável (a saída). A gente sabe que vai perder. Espero que não seja logo. A concorrência financeira de fora é alta. Não há culpa de ninguém. Em algum momento, todos ficam satisfeitos, menos a torcida e o técnico. Espero que ele fique até o final do ano. Se ele sair, não será fácil achar um substituto – reconheceu, em entrevista em Montevidéu.

No Rio desde esta terça-feira para realizar exames médicos, Kayke, ex-Bahia, ganhou elogios do treinador, que, hoje, tem apenas João Carlos como opção a Pedro. 

– Estamos empenhados em trazer jogadores com criatividade. A direção, com a possibilidade de o Pedro sair, agiu. As referências dele (Kayke) são boas. Tem mobilidade, é inteligente e sai da área também. Acho que ele vai nos ajudar – disse.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.