Marcelo Oliveira prioriza segurança defensiva em único treino no Uruguai

Com dois gols de vantagem sobre o Defensor, adversário desta quinta-feira, no Uruguai, o Fluminense quer reforçar a defesa para conter as investidas uruguaias. Na tarde de quarta-feira, os relacionados para o jogo foram até o Luis Franzini, palco do duelo que decide o classificado às oitavas-de-final, para fazer o reconhecimento do gramado.

Horas depois, Marcelo Oliveira comandou, na Escola Naval de Montevidéu, uma atividade tática que, segundo ele, priorizou a segurança defensiva. A estratégia definida é proteger Júlio César e, de preferência, marcar gols.

– A conversa que tivemos foi no sentido de mudar o foco. Agora é outra competição. A classificação é muito importante. Mesmo que a gente tivesse vencido o Inter, o jogo é passado. Temos de tirar o aprendizado. O futebol de hoje tem muita marcação e o erro no campo defensivo custa caro. Fizemos um treino nesse sentido para jogar com bastante segurança atrás, mas sem abdicar de atacar. Marcar um gol aqui será importante – afirmou.

Recuperado de dores no tornozelo, Aírton trabalhou normalmente e deve atuar mais tarde, em busca da permanência na Sul-Americana. O rival na próxima fase é o Deportivo Cuenca, do Equador.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.