fbpx

Fluminense prioriza Sul-Americana e dá chance a reservas e jovens da base contra o Santos

Marcelo Oliveira vinha relutando em deixar o Campeonato Brasileiro em segundo plano. Mas parece que, agora, a Sul-Americana virou prioridade no Fluminense. Com o empate no Rio e a necessidade de vencer o Nacional no Uruguai, semana que vem, o técnico levará reservas para o jogo da tarde deste sábado, contra o Santos, na Vila Belmiro.

– Não deveria ser assim, mas o calendário impõe essa condição. Vamos jogar com um time alternativo. É um time que conheço e tenho toda a confiança nos jogadores que entrarão em campo. Esperamos conseguir um grande resultado lá – disse, quarta-feira, depois do jogo no Nilton Santos.

A grande novidade é Marcos Paulo, relacionado pela primeira vez a um compromisso do profissional – deve iniciar no banco. Aos 17 anos, o centroavante, cuja multa rescisória é de 45 milhões de euros, foi destaque na Taça BH e, por vezes, treina com o time de cima, como na última quinta-feira. Atualmente, defende o sub-20.

Como os titulares foram poupados da rodada, foi necessário chamar jovens da base para completar a delegação, que chegou em solo paulista na tarde desta sexta-feira. O zagueiro Alex, os volantes Caio e Zé Ricardo e o meia Gabriel Capixaba foram os escolhidos da vez.

Contratado em agosto, Paulo Ricardo começará jogando, também pela primeira vez, justamente diante do Peixe, que o revelou para o futebol. Desde a estreia com a camisa verde, branca e grená, na goleada sobre o Paraná, o zagueiro vem sendo acionado ao longos das partidas. Acrescentado à lista da Sula, ele substituiu Gum, machucado, neste meio de semana.

– O treinamento serve para evoluir e foi o que tentei fazer nesse tempo em que não entrei nos jogos Acho que as atuações foram positivas. Aos poucos vou ganhar mais ritmo e espero poder ajudar da melhor maneira possível. Estou crescendo junto com o grupo.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top