Everaldo vê união como diferencial do Fluminense em 2018: “O grupo é bom”

Nem mesmo os atrasos salariais desestabilizaram o bom ambiente no Fluminense, que pode disputar, pela segunda vez, uma final de Sul-Americana. Antes, enfrenta o Atlético-PR, em dois jogos, decidindo a vaga no Maracanã. A primeira partida, na Arena da Baixada, acontece nesta quarta-feira. Para manter vivo o sonho de conquistar mais uma taça no ano, Everaldo aponta o caminho: a união.

– Eu me dou bem com todo mundo. Todo o grupo é bom. Essa é a grande diferença do Fluminense. Todo mundo é unido, todo mundo está fechado pelos objetivos – disse.

Como futebol é, principalmente, bola na rede, Everaldo conta com a ajuda de Luciano para surpreender o Furacão e sair em vantagem no confronto. A parceria, desde que a dupla assumiu o setor ofensivo do time, tem funcionado: o primeiro tem dois gols e sete assistências, enquanto o segundo marcou cinco vezes e deu dois passes para gol.

– É um amigo que fiz aqui no clube. Procuramos descontrair ao máximo. É um grupo jovem, mas que tem jogadores experientes também. Trabalhamos bastante, mas fazemos muita brincadeira, no dia antes do jogo, para não pensarmos muito e para, na hora da partida, estarmos focados e sermos felizes dentro de campo – revelou o centroavante Luciano.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.