fbpx

Fluminense quer mais um ano com Digão e planeja manter divisão de salários com o Cruzeiro

Fluminense e Digão querem caminhar juntos em 2019, mas a pedida ao Cruzeiro pode ser um entrave num negócio considerado improvável. No acordo por mais um empréstimo, o clube de Laranjeiras quer, de novo, dividir os salários com a Raposa, o que não seria interessante aos mineiros. Empresário do zagueiro de 30 anos, Leandro Lima revela que realizará uma reunião, até o fim da semana, com o Cruzeiro para debater o assunto. Além do Fluminense, há times brasileiros e estrangeiros com Digão no radar e iniciando sondagens para tê-lo no ano que vem. - Digão tem contrato com o Cruzeiro até o final de 2020. Embora ele tenha um carinho enorme pelo clube e o desejo de ficar no Fluminense, a proposta de manter as mesmas condições do empréstimo atual é ruim para o Cruzeiro. Agora é mais uma questão dos clubes chegarem a um acordo - explica o agente. Formado na base do Fluminense, Digão chegou em junho para uma segunda passagem por aqui. Nesses quase seis meses, atuou em 32 jogos, usando, ocasionalmente, a braçadeira de capitão, e marcou três gols. Ao lado de Gum e Júlio César, também com futuros indefinidos, é tido como líder do elenco. Saudações Tricolores, Nicholas Rodrigues. Fonte: Globoesporte.com.
Top