Sem traçar perfil de técnico, Fluminense marca pré-temporada para 3 de janeiro

Dada a demissão de Marcelo Oliveira, semana passada, o Fluminense jogou a 38ª rodada do Brasileirão, contra o América-MG, domingo, com Fábio Moreno, auxiliar-técnico, no comando. Além de eventuais contratações para o elenco, a diretoria deverá se preocupar em encontrar, em um mês, o futuro treinador.

Moreno, que vive sua segunda passagem nas Laranjeiras desde 2017  (a primeira, como observador-técnico, foi em 2012), assumiu o posto de auxiliar-permanente com a saída de Abel Braga, na parada para a Copa do Mundo. Com o interesse de Santos e Flamengo, ele não sabe se reintegrará a comissão do ex-técnico do Fluminense em 2019.

– Meu contrato com o Fluminense se encerra em dezembro. Tenho o maior prazer de trabalhar no Fluminense, assim como com o Abel. É meu maior ídolo. Não tem preço trabalhar com ele. Tem muito conhecimento, muito a ensinar. Um cara fantástico. Eu não sei o que vai acontecer em 2019, não tenho pressa. Só quero ir para casa e ficar com a minha família – disse, depois de vencer o Coelho, por 1 a 0, no Maracanã, e assegurar a permanência do time na primeira divisão.

Alguns nomes, como Ney Franco, ex-Goiás, e Gilson Kleina, ex-Ponte Preta, vêm sendo especulados pela imprensa. Falou-se, também, em Roger Machado, que não trabalha desde que deixou o Palmeiras, em julho. No entanto, a cúpula de futebol ainda não se reuniu para conversar sobre o tema. Em breve, Abad se juntará a Paulo Angioni e Fabiano Camargo para resolver a questão.

Para que o novo técnico colabore na formação do grupo, o Fluminense deve agir rápido, como na troca de Abel para Marcelo Oliveira, em junho, quando o cargo levou cerca de dez dias para ganhar um novo dono. A reapresentação está marcada para 3 de janeiro, a duas semanas e meia da estreia na Taça Guanabara, dia 20, contra o Volta Redonda. A pré-temporada ocorrerá no Centro de Treinamento, na Barra. Quando houver atividade em dois turnos, os jogadores usarão o hotel onde normalmente concentram para os jogos no Rio.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.