Fluminense destina primeira parcela da venda de João Pedro a regularizar dívidas

A venda de João Pedro, de 17 anos, ao Watford, da Inglaterra, pode, ao menos, aliviar a delicada condição financeira do Fluminense. Apesar da demora para a conclusão do negócio, por envolver um menor de idade e extracomunitário, e de questões burocráticas, o clube conseguiu, nesta quarta-feira, o adiantamento da primeira parcela, estimada em R$ 11, 1 milhões. A transação é avaliada em R$ 44,6 milhões.

Pedro Abad e o empresário da joia, Frederico Moraes, se reuniram em Londres para fechar o acordo, em 16 de setembro. Autorizado pela Football Association (FA), a federação inglesa, o Fluminense liberou, junto a uma instituição financeira, o montante. A princípio, o Watford faria o pagamento futuramente.

Primeiramente, o dinheiro será usado para regularizas dívidas com fornecedores. Depois, o clube se preocupará em pagar os direitos de imagem do elenco, o que totaliza R$ 4 milhões. A ideia é fechar o ano em dia, saldando o mês de novembro, que vence nesta sexta-feira, férias e 13º. Para cumprir o objetivo, a grana embolsada com a saída de Ayrton Lucas para o Spartak Moscou, da Rússia, pode entrar na jogada.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Nicholas Rodrigues

Tricolor, 16 anos. Redator do Canal FluNews desde 2015. Apresenta-se nas redes sociais como @nickrodriguesrj