fbpx

Fluminense avalia três possibilidades e considera Jair Ventura como nome ideal

As primeiras reuniões para nortear a busca por um técnico ocorreram na semana passada. Hoje, as atenções do Fluminense estão concentradas em três nomes: Jair Ventura, Roger Machado e mais um, ainda desconhecido pela imprensa. Entre as possibilidades, o ex-Corinthians é o que mais se adéqua, especialmente, à realidade financeira nas Laranjeiras.

As negociações evoluíram e chegaram à fase de discussão sobre a questão salarial. Jair se mostrou mais flexível a se ajustar ao que o Fluminense pode pagar. Cenário oposto ao encontrado nos contatos iniciais com Roger Machado, que, embora seja o preferido de Abad desde a eleição de 2016, cobra um valor maior. Ele, que faz, durante doze dias, curso de treinadores na CBF, aguarda possíveis propostas do exterior.

Inicialmente, quatro opções foram postas à mesa. Além de Jair e Roger, Dorival Júnior e Gilson Kleina. No entanto, enquanto o ex-Fla é considerado bem mais caro, o ex-Ponte sequer foi procurado para conversar. Ambos ainda estão livres no mercado.

Enderson Moreira, que comandou o Fluminense em duas ocasiões (2011 e 2015), esteve nos planos, apesar do contrato com o Bahia. O que emperrou a sondagem, inclusive, foi a multa rescisória com o Tricolor de Aço. Maurício Barbieri teve seu nome mencionado nos encontros da cúpula de futebol, mas treinará o Goiás na volta à primeira divisão do Campeonato Brasileiro em 2019.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Top