Fluminense paga mês de novembro, mas dívida com elenco ainda é grande

Sexta-feira, o Fluminense deu mais um passo para regularizar a dívida, ainda grande, com o elenco. Pagou o mês de novembro, na CLT, aos funcionários e jogadores, apesar do atraso de quatro dias. No momento, restam o 13º, férias e mais cinco meses de imagem, que, sozinhos, equivalem a R$ 5 milhões.

Mesmo sem informar prazos, a diretoria trabalha e depende de vendas, como as de Ayrton Lucas, Léo Pelé, Richard e João Pedro, para saldar os últimos salários do ano. Por exemplo, o 13º vence no dia 20 de dezembro. A folha mensal, contando impostos, custa R$ 4 milhões.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.