fbpx

Grupo dos Esportes Olímpicos se declara contra impeachment: “Momento é de união de forças”

Os diretores ligados ao grupo dos Esportes Olímpicos elaboraram um comunicado em que se declaram contra a aprovação do impeachment de Pedro Abad. Ao mesmo tempo que confirmam apoio ao presidente, negam suposto envolvimento com associações políticas no Fluminense, como a Flusócio. A votação que define o futuro do processo está marcada para o dia 20, quinta-feira, e depende de quórum mínimo de 150 conselheiros para ocorrer.

– Entendemos que o diálogo é sempre a melhor forma de se resolver os problemas, e por isso sugerimos ao Presidente que procure todas as lideranças importantes do Fluminense para um entendimento em prol da instituição, pois acreditamos que o momento não é para impeachment, e sim de união de forças para enfrentamento da crise que o clube atravessa – diz um trecho da carta enviada a Abad.

Por outro lado, o grupo, ao alertar para as más condições da estrutura da sede, reforça apelo para que as obras iniciadas sejam concluídas. Três esportes – natação, pólo aquático e nado artístico – estão proibidos de usar a piscina olímpica de Laranjeiras em 2019, até que seja reformada e garanta segurança aos atletas.

– Não é demais lembrar, que comunicamos a Presidência tão logo surgiram os primeiros indícios de falta de cuidado nas dependências da nossa sede, assim como aqueles anteriores a gestão de V. EXª., na espera de soluções imediatas. Também nos manifestamos contra a não finalização e abandono de várias obras iniciadas em nossa obra.


Abaixo, leia a íntegra do documento:


Saudações Tricolores,
Marcelo Jorand e Nicholas Rodrigues.

Top