Fernando Diniz é anunciado e assume o Fluminense na próxima temporada

Foram 20 dias sem técnico desde a demissão de Marcelo Oliveira. Após especulações envolvendo Roger Machado e Jair Ventura, o Fluminense anunciou, nesta quarta-feira, que Fernando Diniz assume o comando do time na próxima temporada. O perfil estudioso e de trabalho intenso pesou a favor do ex-meia. Ele será apresentado às 11h de quinta-feira.

A chegada de Diniz provocará mudanças na comissão técnica. Além da vinda de mais dois profissionais, houve a promoção de Léo Percovich, que treinava o sub-20, a auxiliar permanente, cargo vago desde a saída de Fábio Moreno para o Flamengo.

Durante o curso da CBF, em Teresópolis, Fernando Diniz alinhou os últimos detalhes com Paulo Angioni. Mas alguns entraves atrasaram a conclusão da negociação, que ocorria há mais de uma semana. Para ser contratado pelo Fluminense, ele precisaria descumprir acordo para liderar um projeto de formação de jovens atletas no Atlético-PR. O conturbado cenário político nas Laranjeiras, com a possibilidade de renúncia ou impeachment do presidente Pedro Abad, também colaborou para adiar o anúncio.

Como jogador, Fernando Diniz defendeu o Fluminense entre 2001 e 2003 e venceu o Carioca de 2002. Como treinador, despontou à frente do Audax-SP e inovou com uma filosofia de posse de bola e troca de passes. Trabalhou em outros pequenos de São Paulo, como Botafogo-SP, Guaratinguetá e Paulista, e no Paraná. A única oportunidade na Série A, até então, foi no Furacão, no início deste ano. Porém, acabou dispensado em junho, com a equipe na penúltima colocação do Brasileirão.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.