fbpx

Conselho vota contra, mas Assembleia Geral está confirmada para o dia 26

Em reunião nesta terça-feira, nas Laranjeiras, a maioria dos conselheiros se posicionou contra a Assembleia Geral convocada por Pedro Abad e marcada para sábado, dia 26. A intenção é remarcar a eleição, inicialmente prevista para novembro, para março.

Enquanto 36 membros do Conselho votaram a favor, 43 discordam da decisão do presidente. O placar adverso, porém, não impede a realização da assembleia. Por outro lado, pode ser usado em eventuais ações judiciais.

Favoráveis à Assembleia Geral: Pessoas ligadas à Flusócio, aos Esportes Olímpicos e a Mário Bittencourt, que pretende montar chapa com Celso Barros e Ricardo Tenório.

Contrários à Assembleia Geral: membros da coalizão Unido e Forte, que deixou a gestão em maio de 2018 para se tornar oposição. Formado por Flu 2050, Por Amor ao Fluminense, MR21 e o Esperança Tricolor, o grupo é representado por Cacá Cardoso e Diogo Bueno.

Fernando Leite explicou que marcou o encontro “para dar voz ao Conselho”, uma vez que entende que a assembleia deveria passar primeiro pelos conselheiros. Ele prometeu disponibilizar a ata da sessão para aqueles que desejarem levar o caso à Justiça.

A principal argumentação é a de que a medida fere o estatuto, que prevê que alterações eleitorais só podem valer a partir do mandato seguinte.

Os oposicionistas acusam supostos furos na convocação da assembleia e, baseados em documentos, afirmam que sócios sem o tempo mínimo para voto receberam a chamada para o evento.

“Sócios maiores de 16 (dezesseis) anos, pertencentes ao Quadro Social há mais de 1 (um) ano e há mais de 2 (dois) anos para a categoria de Sócio-Futebol, ambos, ininterruptamente, e em situação regular com o Clube”, diz o estatuto sobre as condições para participar do processo.

Por sua vez, os situacionistas consideram que a mudança estatutária é a única solução para impedir duas eleições num só ano. Aliada a Abad, a Flusócio buscou levar o máximo de integrantes para a votação, no objetivo de vencê-la. No entanto, acabou derrotada no que vê como um fato político criado pela oposição.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top