fbpx

“Pra cima Fluzão” – Apesar da derrota o trabalho deve continuar

foto: Edu Andrade/Fatopress/Estadão Conteúdo

Caros tricolores, como comentei na semana passada, o Fluminense de Fernando Diniz está no caminho certo, e não pode deixar que um resultado negativo atrapalhe a sequência desse trabalho.

Diante de um time tecnicamente superior aos que já havia enfrentado, o Fluminense ainda sim tentou propor o jogo, e foi até superior no todo da partida. Contudo, os erros clamorosos da arbitragem e o péssimo estado do gramado do estádio Mané Garrincha impediram um melhor resultado em favor do Tricolor.

Mostrando um futebol há certo ponto abaixo do que sabemos que esse time pode mostrar, o Fluminense dominou boa parte do jogo e mesmo que na base do sufoco acertou a trave por duas vezes e obrigou o goleiro vascaíno a trabalhar em outras duas oportunidades.

Já era de se esperar um pouco mais de dificuldade em propor o jogo contra times que exigem um pouco mais do time. E, a sensação que me passa é de que o chutão não é proibido e, se trabalhado como um recurso, pode ajudar ainda mais na proposta de jogo de Diniz. Como ? Era nítido que em muitas partes do jogo o Vasco adiantava a marcação tentando forçar o erro na saída de bola do Flu. Nessa hora, se temos um jogador com um pouco mais de recurso pode utilizar do chutão/lançamento para achar nossos atacantes em uma condição mais favorável contra a defesa adversária.

Mais uma vez volto a dizer, a derrota não pode atrapalhar o trabalho,as pode servir pra aprimorar e consertar os erros detectados e buscar alternativas de jogo quando o time estiver pressionado.

Em relação a arbitragem, não há o que comentar, fica o lance do puxão no Bruno Silva não visto pelo árbitro como um resumo do que foi o homem do apito durante os 90 minutos.

foto: Reprodução/Premiere

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top