Bruno Silva será julgado por cusparada e pode ficar de fora do Fla-Flu

Foto: Lucas Merçon / FFC

Audiência que pode tirar o volante do clássico será realizada nesta quarta-feira (13)

Sem poder contar com João Pedro, com uma torção no tornozelo, o Fluminense pode ter mais um desfalque para o Fla-Flu desta quinta (14). Bruno Silva será julgado nesta quarta, às 18h, no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro. O volante foi denunciado pela cuspida em torcedores do Vasco no clássico realizado no Mané Garrincha, pela última rodada da fase de grupos da Taça Guanabara.

Bruno Silva não corria risco de ficar de fora da partida contra o Flamengo, mas com o adiamento do duelo devido ao trágico acontecimento no Ninho do Urubu, sua participação ficou em cheque. O volante foi denunciado nos seguintes artigos: 258 (ação contrário à ética desportiva) e 254-B (cuspir em outrem), conforme consta no Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Porém, mesmo com a punição sendo confirmada, existem duas possibilidades do jogador atuar no clássico. A primeira, é a possibilidade do Fluminense entrar com um pedido de efeito suspensivo para que Bruno Silva jogue. A segunda, são as fortes chuvas que devem atingir o Rio de Janeiro impedirem que o julgamento aconteça.

Vale lembrar que o volante não é réu primário – quando atuava no Botafogo deu uma bolada no árbitro -, o que diminui as chances de absolvimento. Como a denúncia apresenta os dois artigos (258 e 254-B) combinados, o atleta tricolor pode ser punido em até 18 jogos.

Sobre o autor