A epopéia de um Fla x Flu!!

Mais um FlaxFlu que repete conhecidas histórias. Uma espécie de David e Golias das arquibancadas, quase que à totalidade travestida em vermelho preto, com um pequeno cantinho de valentes e resignados tricolores.
O enredo estava escrito. O Flamengo com seu time de milhões, jogando em um palco que estava praticamente todo ornamentado com suas cores. Havia um clima de solidariedade equivocada ao rubro-negro, dada a triste tragédia dos seus jovens atletas.
Em tempo, antes que eu continue, explico a razão de chamar de equivocada a solidariedade: naquele episódio, por óbvio, temos que prestar toda solidariedade aos familiares, amigos e pessoas próximas dos meninos. Acho ainda, que até mesmo à imensa nação rubro-negra, por óbvio, muito chocada e entristecida com o episódio, devamos render nossa solidariedade consternada. Mas, em relação à instituição Clube de Regatas Flamengo, tenho minhas dúvidas se deveria me solidarizar, posto que entendo que há notória responsabilidade do clube no episódio.
Mal comparando, isso soaria como se eu estivesse me solidarizando com a Vale, o que seria um absurdo.
Mas, por favor, não quero, pelo menos agora, entrar nessa polêmica.
Voltemos ao embate de hoje.
Como disse, o cenário e o palco armado para um passeio rubro-negro. Seu time muito mais caro, cheio de alternativas, tinha uma esmagadora torcida a seu favor.

Só que, do outro lado, estava o Fluminense, clube que tem por hábito desafiar o improvável, subvertendo a lógica dos fatos.
Os idiotas da objetividade (expressão que usualmente Nelson Rodrigues dizia) não hesitaram em apontar o Flamengo como virtual vencedor, ignorando a presença do Fluminense.
Mal sabiam esses incautos. Não é à toa que somos conhecidos como time de guerreiros. E, hoje, honramos a fama, seja em campo, seja na arquibancada.
Dentro das quatro linhas, os milhões de reais que separam os dois elencos foi absolutamente insuficiente para parar a gana tricolor que, do início ao fim, lutou pela vitória, conseguindo, justamente, no último minuto.
Na arquibancada, não foi diferente. Em que sopesasse a colossal maioria de flamenguistas, os tricolores que lá estavam, permaneceram impávidos nas arquibancadas, retirando força dos pulmões, até o último minuto, calando a massa vermelho e preto.
Saibam, senhores. Isso é o Fluminense, vocacionado para a subversão da lógica e demonstração de força e coragem, nos momentos mais agudos, sobretudo, nos místicos FlaxFlus.
Viva o Fluminense! Deu uma aula de dignidade e de coragem, onde, lá de cima, Nelson Rodrigues deverá estar assinando a sua coluna, dizendo que essa épica vitória já estava escrita há 2.000 anos!

Nense!!!!

One Reply to “A epopéia de um Fla x Flu!!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *