Rodolfo prega foco total na decisão contra o Vasco e fala sobre derrota na fase de grupos: “Está engasgada”

Foto: Lucas Merçon / FFC

Goleiro tricolor também enalteceu a grande classificação contra o Flamengo e convocou os torcedores 

A vitória do Fluminense por 1 a 0 sobre o Flamengo na noite da última quinta (14) ainda está na mente da torcida tricolor. A classificação heroica aos 47 do segundo tempo mexeu com todo o elenco. Mas para Rodolfo, que fez defesa crucial na cabeçada de Rhodolfo, o triunfo já ficou para trás. De acordo com o goleiro, o foco agora é total na partida contra o Vasco, válida pela decisão da Taça Guanabara.

Em entrevista coletiva concedida no CTPA, o arqueiro tricolor disse que a equipe ainda não digeriu a vitória para o Cruzmaltino na fase de grupos do primeiro turno do Carioca. No duelo realizado no Mané Garrincha, o Fluminense saiu de campo reclamando muito de um pênalti não marcado. Vale lembrar que até agora essa foi a única derrota do clube no ano. Motivado, Rodolfo prometeu ‘dar a vida’ para conquistar o título.

“Está engasgado, pois a vitória que eles tiveram nós não digerimos direito. Mas acredito que domingo será uma partida diferente. Nosso time chega mais preparado e vai ser uma grande final. Medo não dá. Vamos nos encorajar mais ainda para fazer um belo jogo, mais do que foi contra o Flamengo. Vamos chegar preparados e bem treinados para tentar levantar a Taça Guanabara. Vamos entrar para ganhar. São vários guerreiros no time do Fluminense. Pode ter certeza que vamos dar a vida”.

Perguntado sobre a vitória no Fla-Flu, o goleiro falou sobre o clássico e analisou a disparidade financeira entre os dois elencos. Para ele, a filosofia implantada por Fernando Diniz influenciou positivamente na postura do time.

“Eu pego um pouco das palavras do Luciano, porque dentro de campo são 11 contra 11, não entra dinheiro nem nada. O Flamengo é um grande time, são excelentes jogadores, mas a proposta que colocamos foi o que passamos ontem (quinta-feira). Sempre buscamos o gol e a vitória. É isso que o Diniz quer que façamos, indo atrás do gol, rodar a bola lá atrás para chegar mais perto de marcar”.

“Estamos treinando para pegar os times grandes. Tivemos uma prova de que esse nosso estilo de jogo não funciona apenas contra as equipes pequenas. As saídas de bola funcionaram. Melhor sensação possível ter uma classificação em um clássico e no jogo que foi ontem. É sensacional. Demorei muito a dormir e tive que acordar cedo. Mas a felicidade está estampada no rosto”.

Por fim, Rodolfo abordou a polêmica que envolve o jogo contra o Vasco: o Setor Sul do Maracanã. As equipes vem brigando pelo lado direito do estádio durante o dia. O goleiro não entrou muito no assunto, mas fez questão de convocar a torcida para lotar e apoiar os atletas.

“Pedimos o apoio da nossa torcida a todo momento. Espero que lotem o Maracanã e nos empurrem contra o Vasco. Vamos fazer de tudo para ganhar esta partida e eles precisam estar conosco. Se é uma identificação da torcida e do Fluminense, seria legal ficarem no setor sul, mas o que peço mesmo é que a torcida vá ao estádio. Eles tem que estar lá e nos apoiando. É deles que precisamos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *