Em clima desagradável, presidentes se reúnem na FERJ para decidir sobre setor Sul do Maracanã

A pouco mais de 24 horas até a final da Taça Guanabara, segue sem solução a polêmica quanto aos lados que as torcidas de Fluminense e Vasco ocuparão no Maracanã. Neste momento, a sede da FERJ recebe os presidentes Pedro Abad e Alexandre Campello em uma reunião que visa dar fim ao impasse, que influencia a venda de ingressos.

Ambos os rivais querem alocar seus torcedores no setor Sul. Sorteado como mandante do duelo, o Vasco começou a comercializar, em São Januário e na internet, entradas para o espaço que entende ser seu, à direita das cabines de imprensa. Por sua vez, o Fluminense conseguiu uma liminar que reafirma o contrato assinado com o consórcio que gerencia o estádio em 2013.

Mesmo com a decisão judicial, que prevê multa de R$ 50 mil por hora de ingresso vendido em desacordo com o estabelecido, o Cruz-Maltino não suspendeu as vendas por compreender que a punição se refere apenas ao Consórcio.

Ao contrário dos vascaínos, os tricolores ainda não conseguem adquirir seus bilhetes. O imbróglio faz surgir a possibilidade de que o jogo ocorra no Nilton Santos.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Deixe uma resposta