fbpx

Policiais e funcionários do Maracanã perguntam à imprensa se portões serão liberados aos torcedores

O presidente vascaíno, Alexandre Campello, decidiu assumir risco processual e abrir os portões do Maracanã na final da Taça Guanabara, contrariando ordem judicial. O acesso ao estádio, segundo o Vasco, seria liberado às 15h, o que, por ora, não ocorreu, visto que há trâmites burocráticos em andamento. Depende ainda de um documento, conforme informado pelo JECRIM.

Pouco depois de confirmada a presença das torcidas no clássico deste domingo, a jornalista Aline Nastari, do Esporte Interativo, flagrou policiais e funcionários do estádio perguntando à imprensa se os portões seriam mesmo abertos. Ela classificou o situação como uma “confusão só”.

No momento, os torcedores de ambos os times seguem chegando ao local. Para o Cruz-Maltino, as bilheterias 2 e 3 estão funcionando, mas com filas grandes. Para o Tricolor, nenhuma informação quanto à venda de ingressos.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top