Fluminense é notificado pela justiça e pode até ser excluído do Ato Trabalhista

Foto: Lucas Merçon / FFC

Clube tem cinco dias para quitar atrasados, que totalizam R$ 2,4 milhões

Se dentro de campo o estilo de Fernando Diniz vem revigorando o time, fora dele a situação do Fluminense está complicada. Na última terça-feira, não foi só a greve dos jogadores – que não treinaram por causa dos salários atrasados -, que movimentou o clube. A edição do Diário Oficial da Justiça colocou o clube na berlinda. O Tricolor carioca foi notificado de um atraso no Ato Trabalhista e, conforme prevê o texto, tem cinco dias para quitar as pendências, que totalizam R$ 2,4 milhões. Caso não cumpra com o que foi pedido, pode até ser excluído desse parcelamento de dívidas trabalhistas.

De acordo com o texto divulgado, assinado pelo desembargador José da Fonseca Martins Junior, presidente do Tribunal Regional da 1ª Região, o Fluminense não quitou os meses de dezembro (2018) e janeiro (2019), e deve apresentar os comprovantes no tempo estipulado. Conforme divulgado pelo globoesporte.com, a assessoria do time das Laranjeiras informou que já acertou o mês de dezembro e corre para regularizar janeiro o mais rápido possível. A exclusão do Ato Trabalhista seria terrível para o clube, tendo em vista que o mesmo é um parcelamento pago mensalmente para quitar reivindicações de ex-funcionários e ex-jogadores.

Veja abaixo o texto que consta na edição da última terça (19) do Diário Oficial da Justiça:

Foto: Reprodução

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *