Conmebol reconhece irregularidades em inscrições na Sul-Americana; Fluminense incluso

Em comunicado publicado nesta quarta-feira, a Conmebol avisou que reconhecera irregularidades em 21 inscrições na Sul-Americana e na Libertadores. Fluminense e mais sete brasileiros (Atlético-MG, São Paulo, Botafogo, Santos, Bahia, Corinthians e Chapecoense) estão na lista.

As equipes nacionais, responsabilizadas pela federação continental pelo envio de seus cadastros nos torneios, garantem que repassaram a documentação à CBF no prazo estabelecido. Um membro da diretoria do Santos, por outro lado, disse ao Globoesporte.com que desconfia de que a entidade tenha demorado a encaminhá-la adiante.

Segundo o regulamento da Sula, a lista com 30 jogadores deve ser enviada com até 72h de antecedência ao jogo que estreia a competição – neste ano, em 5 de fevereiro, entre Chapecoense e La Calera. Assim, o limite era o dia 2. Até por isso, aliás, o Fluminense não pôde inscrever Paulo Henrique Ganso.

Mesmo com o erro, a Conmebol recebeu as inscrições. Porém, quer que o Tribunal Disciplinar que a compõe analise os casos. Não há risco de punições mais severas, como eliminação. Pode, sim, haver multas.

Adiado por conta da mudança no calendário do Campeonato Carioca provocada pela tragédia no Ninho do Urubu, o primeiro compromisso do Tricolor na Sul-Americana está marcado para o próximo dia 26, quarta-feira, contra o Antofagasta, no Maracanã.

Veja a nota:

“A apresentação em tempo e forma das listas de jogadores é responsabilidade exclusiva dos clubes e associações, e nenhum caso é atribuível à Conmebol;

Os regulamentos foram entregues e aceitos pelos clubes participantes na carta de conformidade e compromisso em dezembro de 2018 e, em seguida, ficaram disponíveis no site da Conmebol;

21 clubes participantes da Libertadores e da Copa Sul-Americana apresentaram erros no processo de envio da lista de jogadores. Diante dessa situação, a Conmebol atuou diligentemente e, de acordo com os procedimentos normativos, remeteu tais erros ao Tribunal Disciplinar para estudo e consideração. Por isso, enquanto o Tribunal Disciplinar não toma uma decisão a respeito, a competição continua normalmente“. 

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

Sobre o autor