Fluminense e mais sete brasileiros são multados por atraso no envio de inscrição à Conmebol

Foi divulgado, na terça-feira, que oito clubes brasileiros, investigados pelo Tribunal Disciplinar da Conmebol, serão multados em R$ 56 mil pelo atraso no envio das inscrições nos torneios organizados pela entidade sul-americana. Fluminense, Bahia, Chapecoense, Corinthians, Santos e Botafogo (Sul-Americana); e São Paulo e Atlético-MG (Libertadores) são os envolvidos.

Uma falha de procedimento, cometida pelas associações nacionais, que precisam validar as listas com jogadores e comissão técnica, prejudicou 21 equipes da América do Sul. Mas a Conmebol optou por aceitar os cadastros, mesmo que passado o prazo (72h antes do primeiro jogo da edição, no caso da Sula), e não determinou punições mais severas, como eliminação das competições.

Em nota, a CBF se esquivou da culpa e revelou que prestaria esclarecimentos aos seus filiados. A punição aos brasileiros é a mesma sofrida pelos times do Chile, cuja federação se comprometeu a assumir a conta. A entidade do Brasil, porém, não se pronunciou desde o anúncio da pena.

Também nesta terça, o Tricolor estreou na Sul-Americana contra o chileno Antofagasta, que, por sua vez, não está ligado à polêmica. O jogo terminou empatado em 0 a 0 no Maracanã e, assim, a vaga vai ser decidida dia 21 de março.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Sobre o autor