fbpx

Flu divulga nota repudiando declarações de jornalista da FoxSports

Por Rômulo Morse


O Fluminense divulgou uma nota oficial em seu site na noite deste sábado repudiando as declarações do jornalista Osvaldo Pascoal, dos canais do FoxSports. Durante o programa “Expediente Futebol”, o mesmo criticou o presidente Pedro Abad por ter convocado o torcedor “para a guerra” contra o Vasco.

Adversário na final da Taça Guanabara, final do primeiro turno do Campeonato Carioca e que está marcada para este domingo, às 17h, no Maracanã, o time de São Januário colocou à venda ingressos para o setor Sul. Irritado com a situação, Abad, em coletiva neste sábado, disse que o cruzmaltino e o Consórcio Maracanã descumpriram uma decisão judicial e, mesmo contra a realização da partida nessas circunstâncias, convocou os torcedores “à guerra” visando lotar o setor Norte.

Confira abaixo a nota na íntegra:

O Fluminense FC lamenta e repudia a forma como o jornalista Osvaldo Pascoal, da emissora Fox Sports, interpretou parte de uma declaração feita pelo presidente Pedro Abad durante a entrevista coletiva concedida na tarde deste sábado (16/02), nas Laranjeiras. Com o respaldo da mesa, o jornalista chegou a pedir a prisão do mandatário tricolor entre outros ataques ofensivos. Vale salientar que o Fluminense é um dos maiores defensores da paz nos estádios de futebol. Em momento algum o presidente induziu seus torcedores a uma conduta violenta na partida de amanhã (17/02), no Maracanã.

5 Replies to “Flu divulga nota repudiando declarações de jornalista da FoxSports”

  1. Este referido canal só tem olhos e comentários positivos para Flamengo e Corinthians. Seus comentaristas são 100% clubistas, o episódio do Quesada com o Santos e agora do Osvaldo Paschoal com o Fluminense são evidências deste protecionismo massivo aos clubes de maior torcida. Temos sim que repudiar e declarar nossa insatisfaçao com essa atitude.

  2. Uma coisa é a qualidade do programa e do jornalista, outra coisa é o fato. O presidente do Fluminense utilizou sim a expressão “declarar guerra” ao convocar a torcida. Em tempos de exacerbação de ânimos políticos e esportivos , tal expressão dita por uma figura pública de comando é sim de uma grande irresponsabilidade. A quem se sentiu intimidado, cabe buscar vias judiciais.

  3. Jornalista babaca.
    Declarações como as dele sim fomentam a violência entre os torcedores.
    MUITO BABACA!
    A VELHA IMPRENSA MARROM, FAZENDO UM TRABALHO CAGADO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top