Fluminense encaminha acordo com empresários, mas esbarra em pedido São Paulo por Nenê

Apesar do acordo encaminhado com empresários, a negociação por Nenê, de 37 anos, desacelerou nos últimos dias devido à insistência do São Paulo em uma compensação em dinheiro, pela venda, ou troca por algum jogador, como Marquinhos Calazans, pedido por Cuca. Dessa maneira, é possível que o meia permaneça no Morumbi, pelo menos, até o fim do Paulistão ou início do Brasileirão.

Com contrato com o clube paulista até dezembro, o veterano interessa ao Fluminense desde janeiro. Dada a necessidade de reestruturação financeira, o presidente Leco, principalmente pelo alto salário, o considera “negociável”, mas faz jogo duro para liberá-lo, a fim de não enfraquecer o elenco, e encara o caso com cautela.

A diretoria carioca levantou a possibilidade de o jogador conseguir a rescisão do vínculo. Algo que, hoje, é um cenário impossível, em razão da negativa vinda de São Paulo. As tratativas esfriaram quando entrariam no estágio de definição de tempo de contrato e valores.

Nenê, que se recupera de pancada no joelho esquerdo, não jogou contra a Ferroviária, sábado passado, e é ausência confirmada no clássico do fim de semana, diante do Palmeiras. Atualmente, ele é reserva.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Deixe uma resposta