fbpx

Ganso marca, Fluminense domina Clássico Vovô e sofre empate em falha defensiva

Paulo Henrique Ganso seria o protagonista em seu primeiro clássico pelo Fluminense, neste domingo, no Maracanã. Num momento em que o domínio era dos tricolores, o camisa 10 recebeu passe açucarado de Everaldo e só desviou para a rede, abrindo o placar aos 24′ do 1º tempo. Foi uma falha defensiva, na volta do intervalo, que levou o Botafogo ao empate, com Alex Santana, aos 39 segundos.

Logo no início, a equipe de Fernando Diniz indicava que dominaria as ações no jogo, apoiando-se, principalmente, na velocidade de Everaldo. Fosse no mano a mano ou arriscando para o gol, o jogador que interessa ao Cruzeiro bagunçava a zaga adversária. Como concentrava a marcação no entorno da área de Rodolfo, o Botafogo se expunha e sofria contra-ataques perigosos.

Após levar o gol, o Alvinegro cresceu no Clássico Vovô. Marcinho inaugurou a “nova postura” mandando uma bomba que parou, primeiro, em Rodolfo e, depois, no travessão. O goleiro, por outro lado, assustou torcedores quando, pressionado, se enrolou duas vezes com a bola.

Ganso, na saída para o intervalo, disse: “Espero que a gente continue com a mesma dedicação do primeiro tempo e possa sair vencedor”. Não foi o cenário que se desenhou na etapa final. Além do tento do rival em cochilo da zaga, o Fluminense caiu de produção e não repetiu a mesma intensidade.

Ainda assim, chegou perto de marcar o segundo. Matheus Ferraz cabeceou para defesa de Gatito Fernandéz. Na sequência, o paraguaio viria a operar um milagre em chapada de Luciano, que já se preparava para comemorar. Sem mais redes balançado, o duelo terminou em 1 a 1.

Comum em estádios pelo Brasil, a violência no futebol ganhou mais um episódio. Três tricolores foram presos acusados de tentarem agredir botafoguenses na bilheteria 4 do estádio.

Com o resultado, o Tricolor se mantém na liderança isolada do grupo B da Taça Rio, com 11 pontos, quatro a mais que o vice-líder, Volta Redonda. O próximo compromisso pelo segundo turno do Carioca é no próximo sábado, contra o Flamengo. Antes, quinta-feira, há o embate com o Antofagasta, no Chile, pela Sul-Americana.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top