fbpx

Fluminense Eleições 2019. Na visão de Marcello Luna.

Prezados Tricolores,

         Estamos na iminência da designação da data para a realização das eleições que, como todos sabem, deverão ser antecipadas, caso não haja qualquer tipo de interferência, em especial a da justiça.

         Há os que defendam que a convocação das eleições tem que ser para, no máximo, 30 dias, com o que eu não concordo, sob qualquer ângulo que se veja essa questão, uma vez que esse exíguo intervalo acabaria por deixar a disputa em absoluto pé de desigualdade, favorecendo, explícita e flagrantemente, apenas a chapa Mário Bittencourt/Ricardo Tenório/Celso Barros, chapa essa que já vem em campanha desde a Guerra do Paraguai.

         É preciso que as igualdades de condições sejam preservadas, em nome do superior interesse dos nossos sócios e eleitores.

         Impõe-se observar que a própria indefinição das coisas fez com que outros potenciais candidatos não se mexessem ou se articulassem, fosse para apresentar projetos, fosse para montar uma chapa. E esses terão que fazer isso em curtíssimo espaço de tempo, caso as eleições ocorram daqui a 30 dias, em nítido prejuízo, porquanto as chapas precisam ser apresentadas 15 dias antes do pleito.

         Notem que sequer os candidatos terão agenda para um simples debate entre eles, a respeito dos seus projetos, com esse calendário apertado.

         A eleição é um processo que visa, democraticamente, atender aos anseios de todos e não apenas de uns poucos gatos pingados.

         Assim, me parece muito razoável uma especial atenção quanto ao prazo para a realização dessas eleições, a fim de que possam não apenas ser respeitados os princípios que norteiam a isonomia, bem como a própria instituição, cujo nome banha há muito tempo nas águas do descrédito.

         E essa eleição não pode também ser merecedora de descrédito.  

         Penso eu que, para a consumação de uma eleição realmente limpa, transparente e democrática temos que ter pelo menos 60 dias de antecedência, tempo suficiente, eu acredito, para que as chapas possam se organizar, apresentar para os eleitores suas propostas de gestão, seus projetos etc. e tal, com alguma tranquilidade.

         Temos nós, sócios/torcedores/eleitores, que exigir que as igualdades de condições sejam respeitadas e que, principalmente, os interesses do Fluminense Football sejam levados em consideração, mormente em momento tão sensível.

         Por fim, amparado nos argumentos acima descritos,  peço que o Sr. Pedro Abad, nosso principal mandatário, em harmonia com o Presidente do Conselho Consultivo, Fernando César Leite, permita que os potenciais candidatos tenham pelo menos 60 (sessenta) dias para trabalharem as suas respectivas campanhas.         

         Saudações Tricolores !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top