Everaldo lamenta eliminação, mas não desanima: “Ano é longo”

O empate em 1 a 1 com o Flamengo, sábado, representou a queda do Fluminense no Carioca. Após perder a Taça Guanabara para o Vasco e sequer chegar às finais da Taça Rio e do campeonato, sendo eliminado duas vezes pelo clube da Gávea, o Tricolor fechou a edição 2019 como a quarta melhor campanha, atrás do Bangu e dos rivais Cruz-Maltino e Rubro-Negro.

– Jogo para esquecer. Estamos frustrados com a eliminação. Queríamos ser campeões carioca, começar o ano com o pé direito. A equipe se entregou, fez o que podia. Infelizmente, não foi possível – lamentou Everaldo, após o clássico.

Desse modo, as atenções se voltam para o Campeonato Brasileiro, que começa no fim do mês; Sul-Americana, cuja segunda fase será em maio; e Copa do Brasil. Aliás, para avançar no mata-mata nacional, o clube deve vencer o Luverdense, com quem empatou em 0 a 0 na ida, em Mato Grosso. Jogo ocorre nesta terça-feira, no Maracanã, e, em caso de nova igualdade, decisão vai para os pênaltis.

– Quando as vitórias e os títulos não vêm, parece que está tudo errado. Mas não está. É continuar trabalhando e seguir que o ano é longo – disse o atacante, cuja permanência nas Laranjeiras ainda é incerta.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *