Pedro surpreende em treinos e se aproxima de retorno aos jogos

Pedro se lesionou em meio ao melhor momento da curta carreira, época, inclusive, em que havia sido convocado para a Seleção. Uma contusão no joelho, corrigida em cirurgia, o tirou dos jogos do Fluminense em agosto. Agora, em meados de abril, a expectativa é pelo seu retorno, cada vez mais próximo, segundo Fernando Diniz.

– Ele está perto da volta. Não está distante. Começou a treinar coletivamente com a gente. Ainda não temos uma previsão clara de quando ele vai estrear. Não quero criar expectativa no torcedor. É muito precoce falar hoje quando ele vai voltar.

Liberado para trabalhos com bola desde 4 de março, o centroavante voltou a treinar com o elenco no fim do mês passado e vem apresentando rendimento acima do imaginado pela comissão técnica. As próximas semanas têm agendados os dois compromissos pela quarta fase da Copa do Brasil e pela estreia no Brasileirão.

– Ele tem ido bem nos treinamentos. Muito bem mesmo. Até surpreendendo. Muito motivado. O pessoal da fisioterapia, do departamento médico e da transição fizeram um trabalho excelente com ele. Está muito forte, está equilibrado, coordenado. Agora é questão de não pularmos nenhuma etapa para ele ter condições plenas de suportar todos os jogos – frisou o técnico.

A volta promete gerar “dor de cabeça” a Diniz. Mas daquelas que o treinador gosta. Quem escalar? Hoje, o trio de frente, com Luciano, Yony González e Everaldo, vem cumprindo bem a missão, tendo marcado 24 dos 38 gols da equipe em 2019. O comandante, porém, prefere deixar a dúvida para depois e celebrar a recuperação do camisa 9.

– É um motivo de alegria para todo mundo. Para o torcedor, para mim, para os jogadores… É um menino de um carisma gigante, um jogador de nível de seleção brasileira. Ele vai voltar e nos ajudar. Tê-lo será um grande presente.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *