fbpx

Fernando Diniz se esquiva de projeções, e Gilberto dá o tom para o Brasileiro: “A gente entra para vencer”

Eleito o melhor técnico do Campeonato Carioca, Fernando Diniz compareceu à premiação desta edição, realizada numa casa de shows na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, nessa segunda-feira. Ele chamou a atenção, especialmente, pelo estilo de jogo implementado no Fluminense. Porém, confessou que se surpreendeu com o reconhecimento. Os premiados, além de um troféu, faturaram R$ 10 mil.

– Não esperava. Quase sempre (o melhor) é um que chega à final ou o técnico campeão. Estou lisonjeado, muito feliz de estar no Rio, que respira o futebol.

A poucos dias da estreia no Campeonato Brasileiro, o treinador destacou o bom início de ano da equipe, que permanece viva, ainda, na Copa do Brasil e Sul-Americana. Todavia, esquivou-se de projeções para a sequência da temporada.

– Não gosto de fazer previsões. O Fluminense vai entrar para disputar jogo a jogo, como sempre entra. A gente não tem como fazer uma previsão neste momento. Fizemos um bom Campeonato Carioca, estamos bem na Copa do Brasil… Temos que focar no que temos de melhor e buscamos trazer alegria para o nosso torcedor.

Também figurando a seleção de melhores do campeonato, o lateral-direito Gilberto deu o tom da postura do time no Brasileirão. A primeira rodada está marcada para o domingo do dia 28, contra o Goiás, no Maracanã.

– Brigaremos por tudo porque a gente entra em campo para vencer. A gente sabe que o Campeonato Brasileiro é o mais difícil. Até porque tem times com grande elenco que entram na frente. Mas a gente vai em todos os jogos para ganhar.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top