fbpx

“Foco 100% no futebol” e revitalização das Laranjeiras: conselheiro Marcelo Souto anuncia pré-candidatura à presidência

Marcada para o dia 8 de junho, a eleição no Fluminense começa a apresentar seus personagens. Depois de Ayrton Xerez, o conselheiro e advogado Marcelo Souto, ligado ao grupo Esperança Tricolor, anunciou, nesta sexta-feira, a pré-candidatura à presidência. Aos 33 anos, ele busca renovação no cenário político do clube e expõe focos da campanha.


“Foco 100% no futebol”

– Fluminense tem uma dívida enorme, então, temos de saber exatamente qual o passivo. A campanha vai focar 100% no futebol. Esse é o nosso lema. O que não for sustentável será fechado. Temos de fechar o Samorin, por exemplo. Abrir a caixa preta de Xerém. Ninguém sabe o que ocorre lá, parece que tem um monarca lá. Os esportes olímpicos que não gerarem receita serão fechados. Todo o dinheiro que entrar será para pagar dívida e investir no futebol. O Fluminense leva futebol no nome, então, não dá para tirar dinheiro dessa área e colocar em outras que não geram ativos e só geram passivos. Vamos cortar na raiz. Foco único: pagar dívida e futebol.

Revitalização das Laranjeiras

– O Fluminense tem tantos problemas que poderíamos falar por três horas sem parar. Em eleição, tem muito factoide. Todo mundo promete. A nossa lei é a transparência. Além do que falamos, tem outro compromisso: nosso estádio fica em Álvaro Chaves. Meu compromisso é no dia 0 da gestão começar a fazer de tudo possível para colocar Laranjeiras apta a receber jogos pequenos e médios. Os demais, no Maracanã. Aliás, temos de entender esse novo contrato.


Fundado em 2013, o Esperança Tricolor é representado, no Conselho Deliberativo, por somente sete conselheiros. Em 2016, aliou-se a Cacá Cardoso e estendeu o apoio a Pedro Abad à época da união, passado a formar a coalizão Unido e Forte, de onde saiu em menos de um ano de gestão por discordar dos rumos do Tricolor. Dessa vez, Marcelo Souto nega futuras alianças políticas. A chapa, porém, depende de 200 assinaturas para ser oficializada.

– Queremos as pessoas que não estão inseridas no ambiente político do Fluminense. Queremos aqueles sócios contribuintes e proprietários que queiram ajudar. Não queremos um Conselho homologador que só dá “ok” a tudo que o presidente quer. Queremos que se debata e se questione o Fluminense. Por isso, faremos uma campanha nas redes maciça para efetivamente mudar o clube. Por isso, eu avisei os outros pré-candidatos do lançamento do meu nome e deixei claro que não faremos nenhum tipo de aliança. O nosso compromisso é com o Fluminense.


LEIA MAIS RESPOSTAS DE MARCELO SOUTO:

Decisão de concorrer à eleição: “Não foi uma coisa planejada em cima de um nome. É em cima de um projeto propositivo em diversas áreas do clube. Como nunca conseguimos ser ouvidos e nunca tivemos espaço para nada, a marca desse cenário político sem renovação e sem oxigenação, o grupo decidiu lançar um pré-candidato. E houve consenso pelo meu nome. Vamos começar agora a apresentar as nossas ideias, mas a principal é foco 100% no futebol. Tudo o que não for sustentável será cortado”.

Radicalismo em eventual extinção de esportes olímpicos: “Radical do jeito que precisa ser. Não vamos jogar com as palavras para ganhar voto. Não é a nossa. Vamos mudar. Ninguém vira Fluminense para torcer por vôlei ou tênis. Esses esportes têm história, mas temos de olhar primeiro para o clube. Ele está arriscado a ser extinto”.

Reforma estatutária: “Pretendemos fazer uma reforma estatutária grande. O sócio futebol tem de ter voz. O Fluminense não pode ter que ter 200 sócios contribuintes para assinar chapa. O futuro não pode ser decidido pelas mesmas 2 mil pessoas de sempre. O sócio futebol é a essência, tem de ser ouvido. Ele tem de votar, ser votado, ter direito de ser conselheiro. Vamos trazer essas pessoas para dentro do clube. É como o nosso projeto de voto online, que protocolamos em janeiro e não aconteceu nada”.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top