fbpx

Marcos Paulo rasga elogios a João Pedro e comenta ‘rejeição’ à Seleção Brasileira sub-18: “Preferi ficar no Fluminense”

Jovem atacante foi autor das assistências para os dois gols do companheiro de longa data

Foto: Lucas Merçon / FFC

Dois meninos oriundos da base foram decisivos na goleada de 4 a 1 sobre o Cruzeiro, neste último sábado (18). Marcos Paulo e João Pedro entraram em campo quando o placar marcava 2 a 1 para o Fluminense, que dominava as ações do jogo, mas não conseguia concretizar em gol. Então, os “moleques de Xerém” roubaram os holofotes e definiram o placar com duas assistências e dois gols, respectivamente. Essa foi a primeira vitória do time de Fernando Diniz como mandante no Campeonato Brasileiro.

Após a partida, Marcos Paulo fez questão de enaltecer a parceria com João Pedro e rasgou elogios ao amigo de longa data. Os jovens colecionam boas atuações pela base do Fluminense, principalmente no ano passado, quando fizeram ótimas campanhas no Carioca (título), na Taça BH (vice) e na Copa do Brasil (vice). Aos poucos, a dupla vem ganhando espaço na equipe e caindo nas graças da torcida.

“Nos conhecemos de muitos anos. Graças a Deus deu certo dentro e fora de campo. Estou feliz pela assistência. Ele (João Pedro) é um fenômeno”.

Além disso, o atacante também comentou sobre o fato de ter recusado o convite da Seleção Brasileira sub-18 para um período de treinamentos na Granja Comary. Vale lembrar que Marcos Paulo tem dupla nacionalidade e, por isso, atua tanto pelo Brasil como por Portugal, onde foi destaque no título do Torneio do Porto.

“Não foi uma recusa à seleção do Brasil. Eu fui para um torneio lá e voltei convocado para o Toulon por Portugal. Preferi ficar aqui no Fluminense para ter chance no time. Eu sabia que estava treinando bem, Diniz tem dito que vai me dar chance na hora certa. Entrei, ele confiou em mim. Fui confiante e deu certo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top