Daniel supera passado de poucas chances e lembra desconfiança: “Falou-se que eu não conseguia ir bem em jogo grande”

Uma das boas revelações de Xerém, Daniel sofreu com poucas chances em seu começo no elenco principal. Rodou com três empréstimos ao Oeste e mais um ao Botafogo-SP, até ser reintegrado em meados de 2018 e, de novo, amargar a reserva. Com a chegada de Fernando Diniz, porém, conquistou seu espaço e, como o próprio disse, vem “provando seu valor” em sucesso da dupla com Paulo Henrique Ganso.

– Fico feliz de estar dando certo o nosso meio de campo, eu e Ganso juntos. Quando ele chegou, sempre me perguntavam, e sempre falei que seria boa a chegada dele e que poderíamos jogar juntos. E estamos conseguindo jogar bem. Fico feliz com minhas atuações contra adversários grandes. Muito se falou no começo do ano que eu não conseguia jogar bem em jogo grande, importante, e hoje estou provando meu valor – destacou.

Quinta-feira, no Maracanã, o meia serviu João Pedro, dono da goleada por 4 a 1 sobre o Atlético Nacional. Na entrevista na reapresentação, aliás, contou uma cena curiosa com o jovem de 17 anos, que marcou três vezes e, por isso, pôde ficar com a bola do jogo. A questão é que ele não sabia.

– Ele não acreditou muito em mim, achou que eu estava brincando. Eu falei: “Pega a bola, pega a bola!”. Ele falou: “É sério? Tá brincando comigo. O juiz vai me dar cartão!”. Acho que ele não assiste futebol, não, só joga! – disse, aos risos.

Apesar da empolgação com a vantagem que leva para a Colômbia no confronto da segunda fase da Sul-Americana, o Tricolor concentra suas atenções no compromisso deste domingo, contra o Bahia, em Salvador, pela 6ª rodada do Brasileirão.

– Será muito difícil. Virão embalados, a gente também… Tenho certeza que será um grande jogo. Procuram ficar bastante com a bola e são muito rápidos, os contra-ataques são muito rápidos. Temos de tomar muito cuidado – avisou Daniel.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *