fbpx

Yony González comemora classificação na Sul-Americana após viagem desgastante

Atacante colombiano revelou que temeu pelo segundo gol do Atlético Nacional ainda no primeiro tempo

Foto: Lucas Merçon / FFC

Superação. Essa foi a palavra escolhida por Yony González para definir a classificação do Fluminense em Medellín. O Tricolor carioca avançou de fase mesmo com a derrota por 1 a 0 para o Atlético Nacional no Atanasio Girardot , já que havia vencido por 4 a 1 no Maracanã. Após a partida, o atacante destacou a força de vontade dos jogadores para superar a pressão exercida pelo time da casa, e aproveitou para relembrar o desgaste da viagem de quase 10 horas de Salvador, onde a equipe de Fernando Diniz enfrentou o Bahia pelo Brasileirão, até a Colômbia, fazendo escalas em Brasília e na Cidade do Panamá.

“Foi um jogo difícil, afinal, a gente sabia que eles são fortes em casa. Levamos um gol cedo, mas soubemos manter a vantagem construída em casa. Para ser sincero, achei que eles fariam o segundo ainda no primeiro tempo. Fizemos uma viagem de quase 10 horas, então, o time estava um pouco cansado. A gente se esforçou para conseguir a classificação. Deu certo e passamos”, disse ao canal DAZN.

Yony também comentou sobre a postura tática do Fluminense na partida. Depois de sofrer com a pressão do Atlético em alguns momentos e desperdiçar chances claras no primeiro tempo, o Tricolor voltou para a etapa final mais fechado e na defensiva, conforme assumiu Fernando Diniz.

“A gente sofreu muito, mas ainda criamos chances no primeiro tempo. No segundo, optamos por jogar com a linha baixa e apostar nos contragolpes”, concluiu o colombiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top