fbpx

Ganso é chamado para briga e responde a provocações de torcedores da Chapecoense

Após o empate em 1 a 1 entre Chapecoense e Fluminense, na Arena Condá, torcedores alviverdes provocaram Paulo Henrique Ganso, que dava entrevista ao SporTV. Além de xingamentos, o meia relatou ter recebido cusparadas e, em seguida, disse que esperava uma postura melhor de quem sofreu um duro golpe com a queda de avião na Colômbia, em novembro de 2016.

– Acho que o torcedor da Chapecoense teria que ser muito grato por tudo o que passou. As coisas aconteceram… Eles não deveriam fazer isso, não, mas deveriam agradecer. Todo mundo se pronunciou, todo mundo quis apoiar a Chapecoense em um momento difícil do clube, e eles fazem isso. Antes estavam cuspindo. Mas fazer o quê?! Torcedor é assim.

Interrompido novamente, Ganso viu um torcedor chamá-lo para briga. Respondeu apontando para o escudo do Tricolor e levou a mão aos ouvidos, indicando que queria ouvir mais alto. Foi ele que marcou o gol que deixa o clube a uma posição acima da zona de rebaixamento durante a pausa para a Copa América.

– Vai brigar comigo? Você vai brigar comigo? Olha lá, está me chamando para briga. É brincadeira esse torcedor da Chapecoense. Infelizmente nosso Brasil é assim. Depois quando o pessoal fala desde aqui, eles ficam chateados. Acho que deveriam ter um pouquinho mais de respeito.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top