fbpx

João Pedro encarna “repórter” e zoa Marcos Paulo, que revela: “É sempre esse clima de alegria”

Dupla entrosada dentro das quatro linhas, Marcos Paulo e João Pedro mostraram um lado bastante brincalhão de sua amizade na entrevista do primeiro nesta sexta-feira, no Centro de Treinamento. “Infiltrado” na sala de imprensa, JP pegou o microfone para fazer uma pergunta ao amigo, acompanhado do meia Miguel, que estreou diante dos repórteres.

JP: Marcos Paulo, queria te fazer uma pergunta: o que você acha da torcida falar que somos o novo casal 20 do Fluminense?

MP: Fico feliz por essa comparação aí. É muito gratificante. Pelo que ouvi, (a torcida) tem um grande carinho por eles e agora vem tendo pela gente. Isso é muito bom, você joga com confiança e alegria. Que a gente continue formando esse “casal” até a hora de você ir embora (para o Watford, da Inglaterra).


ASSISTA À ENTREVISTA:


Daniel e Calegari, que vem sendo chamado para treinos do profissional, se juntaram a João Pedro nas zoações e evidenciaram o clima leve no clube. O troco, segundo Marcos Paulo, deve vir em breve.

– É sempre esse clima de alegria. Queremos jogar com alegria e fora de campo é isso aí. Os caras só querem brincadeira, ficam aí atrás rindo o tempo todo. Mas na hora dele também estarei aqui, avacalhando ele – brincou.


CONFIRA MAIS RESPOSTAS DE MARCOS PAULO

Sonho de jogar na Europa: “Todo jogador que vem de qualquer base, ainda mais de Xerém, sempre pensa em ficar, ganhar bastante título, fazer história e sair como ídolo. Se tudo der certo, chegar na Europa também e fazer uma carreira brilhante”.

Apoio dos mais experientes: “Sempre procuramos ver os mais velhos. Nosso grupo tem bastante moleque. Buscamos alcançar coisas maiores na vida, então vemos os caras mais velhos, Digão, Ganso, Luciano… Rapaziada que vem nos mostrando o caminho certo. E sempre com a cabeça focada aqui para irmos bem”.

Mudança de posição: “Assim que eu subi, comecei a jogar de meia, mais recuado. Fui entrando nos jogos e agora antes da parada comecei a jogar pelos lados. Estou indo bem, estou confiante. Sempre trabalho para ganhar espaço. Se tudo der certo, eu continuar jogando e tiver uma sequência, lá na frente as coisas vão acontecer”.

Pós-pausa para Copa América: “Expectativas são boas. Nessa parada estamos acertando o que tem que acertar, recuperando jogadores. Fomos bem até aqui. Agora é acertar o que falta, brigar pelas competições que temos para jogar, por títulos, e chegar na Libertadores”.

Ansiedade por gol: “Estou tranquilo. Claro que me cobro bastante, porque gol é sempre importante. Mas sei que na hora certa vai sair. Estou trabalhando bastante. E, quando sair, não vai parar mais, se Deus quiser”.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top