fbpx

Peru cancela entrevista, divide estrutura e decide trocar CT do Fluminense pelo Nilton Santos

A seleção peruana, finalista da Copa América, ficou na bronca com o Fluminense durante o treino da manhã desta sexta-feira, no Centro de Treinamento da Barra da Tijuca. Insatisfeito, o adversário do Brasil na decisão de domingo encerrará sua preparação no Nilton Santos, sábado.

O dia começou com atraso de mais de meia-hora da delegação do Peru na chegada ao CT, por culpa do temporal que cai no Rio de Janeiro. A primeira desavença se deu em razão da impossibilidade de a seleção realizar entrevista na sala de imprensa, já em uso pelo clube.

“Pedimos desculpas pelo ocorrido hoje. Sabemos que havíamos oferecido entrevista, mas a sala de imprensa será utilizada pelo Fluminense, apesar de termos informado nossa programação com a devida antecedência”, comunicou a equipe alvirrubra aos jornalistas.

Os peruanos ainda precisaram dividir o vestiário com tricolores, que treinam de olho na retomada do Campeonato Brasileiro, dia 15, contra o Ceará. Também houve reclamação quanto à área de recuperação física, cujas banheiras de hidromassagem ficaram sob chuva.

Em resposta às queixas, o Fluminense explicou que não havia recebido pedido para liberar a sala de imprensa, mas que chegou a oferecê-la. Ainda mencionou que era sabido em contrato que a academia teria de ser compartilhada por conta da presença de seus jogadores.

Além do Peru, que voltou ao CT após utilizá-lo na fase de grupos, mais três seleções – Argentina, Catar e Uruguai – trabalharam nas instalações do clube. Estas, porém, não economizaram elogios à estrutura.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top