fbpx

Richarlison marca de pênalti para o Brasil e sacramenta conquista da Copa América

É campeão! A seleção brasileira conquistou, neste domingo, a Copa América de 2019, sediada no Brasil. Novamente vítima depois do 5 a 0 na fase de grupos, o Peru não deu vida fácil na final no Maracanã. Mesmo assim, a superioridade da equipe de Tite fez a diferença e encerrou o jejum de títulos da Canarinho, que não levantava uma taça desde 2013.

No jogo de maior renda da história do futebol nacional (R$ 38.769.850,00), os gols foram marcados por Éverton, Gabriel Jesus e, de pênalti, Richarlison, ex-Fluminense, sacramentando o triunfo. Também em penalidade, cometida por Thiago Silva, Guerrero deixou o seu para o Peru.

O zagueiro Thiago Silva, cria de Xerém, e o atacante Richarlison representaram o Fluminense na decisão. Curiosamente, há seis anos e no mesmo palco, um outro ex-tricolor ajudou a seleção a vencer um título. Foi o centroavante Fred, que balançou as redes duas vezes na vitória por 3 a 1 sobre a Espanha pela Copa das Confederações.

A relação entre o Tricolor e a seleção vem de longo tempo. Faz exatos 100 anos que o Brasil faturou seu primeiro troféu sul-americano, no Estádio das Laranjeiras.

O presidente Mário Bittencourt e o vice Celso Barros assistiram ao duelo em camarote. Eles se encontraram com o novo arqueiro do clube das Laranjeiras, Muriel, que foi prestigiar o irmão Alisson, eleito o melhor goleiro do torneio. De folga até terça-feira, João Pedro, Miguel, Gilberto e Kelvin foram alguns dos integrantes do Time de Guerreiros que compareceram ao estádio.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top